Atividades

Atendemos crianças, adolescentes e suas famílias em situação de vulnerabilidade social com ações educacionais, práticas esportivas, inclusão social, recreação, alimentação e atendimento psicopedagógico e social. Oferecemos diferentes opções de atividades para os três turnos escolares (manhã, tarde e noite), bem como formas de envolvimento dos pais e responsáveis no acompanhamento e desenvolvimento das crianças e adolescentes.

Além disso, realizamos assistência social e jurídica às famílias, além das visitas em suas casas e apresentações/palestras sobre combate e prevenção às drogas, higiene e saúde.

Alunas da turma de ballet com a gestora Renata Carvalho/2019

Também temos como objetivo oportunizar o acesso à prática e à cultura do esporte como instrumento educacional, visando o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, como fator de formação em sua cidadania e melhoria na qualidade de vida. Abordamos o esporte, a cultura, a capacitação profissional e o caráter educacional, entendendo estes como ferramentas utilizadas para a contribuição na formação integral e transformação da realidade de crianças e adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidade social.

Tais ações são profundamente eficazes no desenvolvimento, prevenção, socialização, integração, disciplina, protagonismo, educação social e fortalecimento de vínculos familiares, reconhecimentos de direitos e demais benefícios, resultados de suas aplicações.


NOSSO FOCO

Atendemos crianças, adolescentes e suas famílias em situação de vulnerabilidade social que residem nas comunidades do bairro do Tremembé, na zona norte de São Paulo.

De acordo com a resolução nº 187, de 23 de maio de 2017, crianças e adolescentes são prioridade absoluta (art. 227 da Constituição Federal de 1988) e estão em condição peculiar de desenvolvimento, portanto em formação. Para o entendimento das características da população infanto-juvenil, deve-se levar em conta a história e as condições de vida oferecidas pela família, poder público e sociedade em geral. Assim, a criança e o adolescente devem ser vistos como sujeitos de direitos, em desenvolvimento, inseridos em um dado contexto e que apresentam potencialidades para seu pleno desenvolvimento físico, cognitivo, afetivo e social, não sendo individualmente culpabilizados por sua situação.

O Instituto Edificando está localizado na zona norte de São Paulo, especificamente no bairro Vila Albertina/Tremembé, onde identificamos altos índices de vulnerabilidade social, como apresenta o Índice Paulista de Vulnerabilidade Social (localizado no site da Fundação SEADE ou acessado pelo Geosampa), o que demanda serviços socioassistenciais para o público prioritário.

Atendemos a comunidade local do bairro da Vila Albertina, uma região ocupada compulsivamente e sem planejamento, dificultando o acesso fácil ao saneamento básico e desenvolvimento urbano, comprometendo a saúde pública visto que a população está exposta aos esgotos a céu aberto, lixos e entulhos, o que pode acarretar em possíveis epidemias, congestionando o sistema de saúde básico local devido à alta demanda de ocorrências.

O espaçamento entre as casas também dificulta o acesso à região por transporte público, possibilitando que apenas 3 linhas sejam oferecidas para contemplar uma área onde vivem cerca de 25 mil pessoas. O tráfico de drogas e a criminalidade são práticas frequentes no bairro em decorrência de tal vulnerabilidade social, sendo o 11º dos 32 distritos mais violentos da cidade, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, em 2017.

Possível consequência do acesso educação, visto que a comunidade tem apenas 3 escolas públicas (uma de ensino infantil, uma de ensino fundamental e uma de ensino médio). Tais características do bairro apontam para as mais variadas demandas sociais e econômicas presentes na região e a urgência pela atuação do terceiro setor para o desenvolvimento local.